Seja sócio da ARI

Carteira da ARI
Para se tornar sócio da ARI o caminho é simples. Basta preencher o formulário da proposta no link abaixo. Depois de impresso, a proposta de sócio deve ser entregue na secretaria da Associação Riograndense de Imprensa, avenida Borges de Medeiros, 7º andar, no centro de Porto Alegre, juntamente com os documentos solicitados no pé do formulário, como foto e carteira de identidade.

Quando o interessado prefere que o desconto da mensalidade seja feito na folha de pagamento, deve providenciar isso junto à empresa em que trabalha. O valor atual é R$ 15,00.

Um detalhe importante: a carteira que o associado recebe da ARI é social. O custo da carteira social da ARI é de R$ 40,00 para jornalistas profissionais e R$ 20,00 para estudantes de jornalismo. Há uma diferença entre a carteira social da ARI e a de jornalista. Quem fornece a carteira de jornalista é a Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas).

Clique no link abaixo, imprima e preencha o documento para ser sócio da ARI.

Proposta de inscrição no quadro de associados da ARI.

A Associação Riograndense de Imprensa – ARI – foi criada para unir a categoria em torno de seus interesses, o que inclui o direito de buscar a informação onde ela está e a liberdade para divulgá-la sempre que o resultado dessa busca representa benefício à população, quando leva os fatos ao conhecimento do cidadão leitor, ouvinte e telespectador.

Aliás, a composição democrática da assembleia em que foi decidida a existência da entidade é testemunha disso. Lá no início, quando a mídia ainda se resumia aos jornais impressos e às emissoras de rádio, o grupo fundador da ARI não era formado somente por jornalistas. Entre eles havia escritores e intelectuais de áreas afins. Os escritores Erico Veríssimo, que na época era diretor da Revista do Globo, e Vianna Moog, por exemplo.

Ao longo de seus 80 anos de vida, completados no dia 19 de dezembro de 2015, a entidade continuou aberta a quem, como ela, tem a liberdade de ir e vir, de pensar e de escolher como ideal. Portanto, além dos jornalistas, também profissionais ligados à publicidade, artistas, escritores, caricaturistas, chargistas, ilustradores e pensadores simpatizantes da causa que a ARI defende são bem-vindos ao quadro de sócios