Jorge Furtado comenta documentário na Semana da Imprensa 2019

Na terça-feira, 4 de junho, o cineasta Jorge Furtado participou do ciclo de filmes “A imprensa na tela grande” promovido pela Ufrgs, em conjunto com a ARI, assinalando mais uma Semana da Imprensa Hipólito José da Costa.

Furtado conversou com a platéia, com a mediação de Nilson Souza, especialmente, sobre como surgiu a ideia do filme e explicou que o roteiro do documentário “O Mercado de Notícias” teve como linha condutora a peça homônima do dramaturgo inglês Ben Jonson (1572- 1637), intitulada “The staple of news”. A obra de Jonson foi apresentada pela primeira vez em 1626, em Londres. O cineasta fez a primeira tradução para a língua portuguesa do texto de Jonson, com a colaboração da professora Liziane Kugland. A peça é uma crítica bem humorada que fala da criação do jornalismo naquela época em Londres.

No bate-papo com a plateia Furtado disse que já está na hora de se fazer “O Mercado de Notícias 2”, já que seu documentário é anterior à criação do termo “fake news” e muita coisa mudou desde o lançamento.

Para o cineasta, o texto de Ben Jonson revela uma visão crítica que, nos dias de hoje, exige um olhar atento ao poder das redes sociais. A liberdade de expressão e a ética jornalística é o centro dos depoimentos de vários jornalistas que aparecem no documentário. Para Furtado, estamos vivendo um momento surreal, em que a pessoa nega a própria declaração, que está gravada em vídeo, e que muitos já testemunharam. “Outra coisa impensável, é a criação da “despublicação”, quando a postagem é realizada, sem comprometimento com checagem, e é apagada sem responsabilidade de quem publicou, inicialmente, e depois elimina-a como se não tivesse criado dano ou afetado a terceiros”.

O documentário entrevistou Bob Fernandes, Cristiana Lôbo, Fernando Rodrigues, Geneton Moraes Netto, Janio Rodrigues e José Roberto de Toledom entre outros. A íntegra das entrevistas está no link: http://www.omercadodenoticias.com.br/entrevistas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *